COLUNISTA CARLINHOS

Como será depois da pandemia?

Essa é uma pergunta que muita gente se faz. E as respostas também são muitas. Tem quem diga que não vê a hora disso tudo acabar para poder aproveitar todo o tempo que se perdeu com a pandemia. Fazer festa, passear, viajar, ir no shopping, curtir a vida ao máximo… Outros pensam diferente. Estão loucos para rever amigos, a família, se abraçarem, estarem juntos novamente, seja no encontro com os amigos do futebol, da cavalgada, do churrasquinho, do bingo, do baile de idosos… Outros ainda, entendem que tudo será diferente depois que a pandemia acabar. “Não seremos mais os mesmos”. Quem está certo? Não sei, talvez todos. Realmente muita coisa foi adiada e precisa ser retomada. Inclusive matar a saudade de pessoas queridas que por cuidado e carinho tivemos que nos afastar um pouco mais.  Mas, ainda acredito que o melhor de tudo seria que tirássemos alguma lição para a nossa vida. Quem sabe perceber como nós podemos viver com bem pouco ou sem muito daquilo que antes eu achava necessário. Quem sabe curtir melhor cada segundo com quem amamos porque, passamos a ver como tudo pode ser tão breve. Quem sabe olhar com mais carinho e cuidado o próximo, aqueles que se dedicam no dia a dia a cuidar de nós também. Muitos que se tornaram invisível para a nossa sociedade porque foram deixados para trás. Acredito que o momento atual deve ser visto como uma oportunidade de crescimento, tanto pessoal como para toda a humanidade.

Fechar Menu