Mais uma rota internacional em SC: Aeroporto de Florianópolis terá voo regular para o Chile

A Capital de Santa Catarina terá voos regulares para Santiago do Chile a partir do dia 3 de julho. O anúncio foi feito nesta segunda-feira, 11, pela Floripa Airport, operadora do Aeroporto de Florianópolis e parte da empresa Zurich Airport Brasil, e a cia aérea SKY. Serão três voos por semana, pela aeronave modelo A320 Neo, com capacidade para 186 lugares.

O Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur), acompanhou de perto o processo de aproximação da companhia aérea chilena com o Estado. Ainda em 2020, a Santur participou de reuniões com a Sky e foi uma facilitadora para que durante a temporada de verão de 2021/2022 a capital catarinense tivesse o voo direto para Santiago.

“O mercado chileno é estratégico para Santa Catarina e estamos muito satisfeitos com esse desfecho. Agora vamos seguir intensamente na ampliação da nossa promoção de destino com a América do Sul e, claro, com o Chile, para podermos elevar o número de turistas em nosso estado”, disse o presidente da Santur, Henrique Maciel.

A nova rota regular tem característica inédita para Santa Catarina, já que é a primeira vez que o aeroporto da Capital catarinense tem uma segunda operação internacional durante todo o ano. No fim de março, a concessionária anunciou o retorno dos voos semanais para Buenos Aires, na Argentina, operados pela Gol.

“A chegada da rota Florianópolis – Santiago do Chile evidencia o projeto de internacionalização do Aeroporto de Florianópolis, iniciativa que intensificamos este ano. Somos a principal porta de entrada e saída de Santa Catarina e vamos ampliar a conectividade do nosso estado”, afirmou Ricardo Gesse, CEO do aeroporto.

Com mais este anuncio e em se tratando de rotas regulares, o Aeroporto Internacional de Florianópolis passará a operar 10 destinos domésticos e dois internacionais: Brasília, Confins-Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Guarulhos, Congonhas, Viracopos, Curitiba, Foz do Iguaçu, Porto Alegre e Chapecó, Buenos Aires e Santiago de Chile.

Fonte: GSC

Notícias Relacionadas