Tradição, Gastronomia e Sustentabilidade: XXII Quermesse reúne 30 mil pessoas em Garopaba

Processed with VSCO with a6 preset

Depois de quatro dias de emoção, de cultura e tradição, a XXII Quermesse de Garopaba chegou ao fim neste domingo, 19. Cerca de 30 mil pessoas participaram da festança, que apresentou e preservou as tradições do município, na Praça Governador Ivo Silveira. “Foi um momento de celebrar o retorno da festa. Depois de dois anos, todos estavam ansiosos para prestigiar. Enquanto alguns reviveram momentos e sentiram a nostalgia da volta à praça, outros tantos conheceram a celebração pela primeira vez. O sentimento é de gratidão diante do investimento, sobretudo, pelas experiências vividas e as memórias criadas”, revela o prefeito Junior Abreu, feliz em ver famílias de todas as comunidades do município participando do evento.

Quem visitou a praça gastronômica sentiu o sabor de diversas comidas típicas, como a tainha assada, a canjica, a pipoca e muito mais. Por ali também tinham bebidas geladas e quentes, como o delicioso quentão, um dos sucessos da comemoração. Tudo preparado com carinho por 14 entidades sociais do município que, durante esta semana, contabilizam o lucro total conquistado – e tudo indica que foi sucesso. “Nós ficamos admirados com a movimentação em cada barraquinha. Isso nos deixa muito felizes, porque a ideia era dar a oportunidade para essas pessoas, que desempenham um papel social tão importante no município”, declara o secretário de Turismo, Esportes e Desenvolvimento, Aires dos Santos.

A Feira Cultural mostrou aos visitantes a riqueza criativa de 38 artesãos e cinco coletivos, que ganham a vida com o trabalho feito à mão. Tinha calçado feito com jeans, laços de fita, toalhinhas bordadas e pintadas, panelas de barro, tricô, entre outros artesanatos exclusivos. “É o amor em forma de arte. O amor e o serviço da nossa gente”, completa a diretora de Cultura, Camila Rozetti da Rosa. Por isso que visitar o espaço – e toda a festa – era também viajar pela história de Garopaba. “Festa incrível e acolhedora. O jeitinho de interior no centro, em uma praça acessível a todos. Muito lindo de ver e participar. Adorei”, destaca Maria Ana, que esteve com a filha durante os quatro dias de festa.

Atrações

No palco, a melodia foi inspirada na variedade e contemplou todos os gostos. Teve rock, reggae, forró, rap, hip hop, bem como mpb, sertanejo, gospel, samba, acústico, coral e muito mais. “A gente quer viver da música, por isso, ganhar essa oportunidade incrível de estar diante desse público na Quermesse, cantar covers e músicas autorais da nossa banda, foi irado”, ressalta a vocalista e guitarrista Alana Pereira. Ela é garopabense e integrante da banda Phalme. Ainda teve os Talentos da Terra para aqueles com coragem de mostrar um hobbie, além de apresentações de dança, de teatro, de intervenção de palhaços e de contação de histórias. A corte também esteve presente,visitando todos os espaços do evento, para recepcionar os participantes, ao transmitir todo o sentimento de quem mora em Garopaba.

Das atrações locais para as nacionais, o olho brilhou dos fãs do sertanejo e do pop. Na quinta-feira, 16, a dupla Henrique e Diego cantaram os clássicos da carreira como “Suíte 14” e “Festa Boa” para 9 mil pessoas. Na sexta-feira, 17, foi a vez da violeira Bruna Viola aquecer o coração de 5 mil pessoas. No sábado, 18, o palco principal recebeu Vitor Kley em um espetáculo de música brasileira que emocionou, sobretudo, as crianças e os adolescentes, que curtiram o show ao vivo em um público total de 12 mil. “Foram shows que se adequaram para toda a família. Assim, os pais puderam se divertir e também trazer os filhos para assistir. Ah! E tivemos 100% de segurança, sem nenhuma briga”, complementa o vice-prefeito Guto Chaves.

A Tainha

A personagem Tainha despertou sorrisos com as entrevistas descontraídas, nas transmissões ao vivo, nas redes oficiais do Governo de Garopaba. A ideia inédita teve o objetivo de complementar o que acontecia em cada espaço do evento, ao fazer intervenções com o público e mostrar os bastidores de todo o evento – com autenticidade e tradição. O nome é inspirado na Pesca Artesanal da Tainha, patrimônio material e imaterial do município. “Nossa equipe esteve presente de forma multimídia, com cobertura de vídeo, de fotografias e das entrevistas da personagem, que foi um sucesso. Estamos felizes com o feedback da comunidade, que abraçou todo o conceito criativo”, descreve a diretora de Comunicação, Emily Brunato.

Desfile e Baliza de Carro de Boi

Em movimento, o autêntico canto estridente anunciava a passagem dos carros de boi pela Lagoa das Capivaras. Os proprietários das juntas de boi e de cabrito acordaram cedo para estarem ali e participar do Desfile e da Baliza de Carro de Carro de Boi. Foi um verdadeiro espetáculo, que trouxe à tona a memória viva da população, preservada em mais uma edição da Quermesse. A baliza foi acirrada e foi até a 7ª volta. Do bairro Ambrósio, o domador Maureci de Amorin com os bichos Estrelo e Faceiro foram os grandes campeões da disputa. Quem levou a melhor na categoria “Junta mais Parelha”, foi o Antonio Vieira, da Limpa, com o Pimpão e o Tufão. No “Carro mais Tradicional”, a Ressacada foi a comunidade destaque com o Igor Cardoso, com a junta de boi formada pelo Diamante e o Valioso. Ao todo foram 42 juntas de boi e três juntas de cabrito.

Gestão inédita de resíduos orgânicos

Viver de forma sustentável e em harmonia com a natureza, não só em Garopaba, como em toda região. Com o objetivo de abrir espaço a Educação Ambiental e a conscientização da comunidade, a XXII Quermesse contou com a gestão inédita e correta de resíduos, com triagem no local, separando entre compostáveis, recicláveis e rejeitos. Destaque para os resíduos orgânicos, que vão receber 100% de destinação correta. “O objetivo foi de minimizar os impactos ambientais característicos de todo o grande evento”, explica o idealizador do Garopaba Sustentável, Max Antunes. Além disso, ações para conscientizar, sensibilizar e engajar o público também foram promovidas.

Além disso, houve a venda de copos reutilizáveis para incentivar o público a não usar os do tipo descartáveis. Toda essa proposta tornou a XXII Quermesse referência em eventos de entretenimento no Sul de Santa Catarina, no que diz respeito à sustentabilidade. “Nossa ambição é dar continuidade a esse tipo de iniciativa. Nossa cidade é rica em belezas naturais, é uma diversidade incrível e que precisa ser preservada, e isso inicia, principalmente, com quem está na ponta. A festa acaba, mas a conscientização precisa permanecer e ser colocada em prática. Nós agradecemos todos os monitores, todos os educadores e ativistas ambientais que doaram tempo e conhecimento aos visitantes do evento”, agradeceu o prefeito.

Organização

Nos bastidores, a equipe de organização esteve presente em quatro dias de muita dedicação, e foi formada pela secretaria Turismo, Esportes e Desenvolvimento, pela secretaria de Agricultura e Pesca, pela secretaria de Educação e Cultura e pelo Departamento de Comunicação. Ao todo, foram 30 servidores públicos em ação. Além disso, a empresa Gálatas cumpriu com todos os compromissos que constam no edital, como parte elétrica, iluminação, som, contratação de seguranças, a montagem do camarim, dois palcos, de 22 tendas e 14 cozinhas, entre outros. “É o resultado de uma parceria. Nossa empresa agradece e parabeniza a Prefeitura de Garopaba”, finaliza o proprietário da Gálatas Mídias e Eventos, Jose Felisberto.

Texto e Fotos: Assessoria/PMG

Notícias Relacionadas